quarta-feira, 31 de março de 2010

Dicas para usar seu internet banking de forma segura.

Não abra a porta para o inimigo 

Em primeiro lugar saiba que é impossível alguém conhecer os seus dados  bancários se o seu computador estiver livre de virus e outras pragas da internet, então um bom anti virus ja é um ótimo começo (recomendo o kaspersky Internet Security). Porém  não existe sistema de segurança 100% seguro, por mais que os fabricants de anti virus se esforcem, seus respectivos programas sempre apresentam algum tipo de falha e/ou vulnerabilidade, é aí onde entra a sua astúcia.
O golpe mais comum e velho (não acredito que ainda tem gente que caia nessa!) é o do falso e-mail, esse golpe tem muitas variações, mas as mais comuns são: você recebe um e-mail de alguém que diz que te ama muito, ou que você recebeu um vale compras de uma rede de loja famosa (ponto frio, casas bahia e etc), então você vê o link "Clique aqui para ver minhas fotos" ou "Clique aqui e saiba como receber vale compras", quando você clica abre-se outra página, nessa outra página o navegador avisa que para que ela seja exibida é necessário que você permita a instalação de um complemento, nessa altura (na ansiedade de conhecera sua adimiradora secreta ou ganhar aquela tv de lcd de 57 polegadas) você não está mais nem pensando direito e permite a instalação do tal complemento, o complemento instala mas a tão esperada página não abre, você tenta de novo e... nada acontece. Tarde de mais, um virus ou qualquer outra porcaria, foi instalado no intuito de roubar dados bancários. Quando é instalado um vírus do tipo "Keyboard Spy" (virus que grava tudo que se digita no teclado e que tira "fotos" de que você faz no seu computador e manda eses dados para seu "mestre" via e-mail e de forma imperceptível ao usuário) a grande maioria dos anti-virus consegue detectar e eliminar, o problema é quando o cracker(hacker malvado) usa a técnica de editar o arquivo hosts do windows.
Obs: lembre-se que o pendrive também é uma forte fonte de virus e outras pragas.

Cuide bem do seu hosts
Basicamente o arquivo hosts serve para bloquear e/ou redirecionar endereços (inclusive os endereços de site da internet).Um virus instaladao em um computador leva menos de um segundo para alterar o arquivo hosts, pode acontecer do anti virus não conseguir pega-lo a tempo, e quando pega-lo e elimina-lo ja é trade, o hosts já está modificado. Como o hosts é um arquivo nativo do windows, nem um anti-virus jamais desconfiará dele ou saberá que aquele arquivo foi modificado de forma mal intensionada e ,por tanto, não tomará nem uma providencia contra ele, sendo assim ,neste momento você tem em seu computador um arquivo que será usado pelo cracker para roubar seus dados bancários e o que é pior: indetectável pelo anti-virus.
A função do hosts modificado é: quando você digitar o site do seu banco no navegador, automaticamente o hosts vai redirecionar você para um site que é um clone ,praticamente perfeito, do site original de seu banco, então quando você digita seus dados bancários (número de conta, agência, senha e etc.) eles serão gravados e ficaram a disposição do cracker. Uma vez de posse desses dados, o cracker pode fazer o que quiser com sua conta bancária. 

O que fazer
Apesar da gravidade do problema a solução é bem simples: basta você checar o arquivo hosts em seu computador e se ele estiver modificado temos que reconfigura-lo para seu estado original.
Para abrir o hosts vá em: C:\WINDOWS\system32\drivers\etc
Localize o arquivo em questão, clique com o botão direito do mouse e depois em abrir, na tela "abrir com" escolha bloco de notas e clique em ok.
O conteúdo original do hosts é esse:
Se seu arquivo hosts estiver da forma decrita acima, não há com o que se preocupar.

Exemplo de um arquivo hosts modificado por um cracker:

Repare que o hosts foi modificado de tal forma que quando você acessar um desses endereços de banco dessa lista, automaticamente será redirecionado para um endereço de site clonado desse banco e se você  digitar seu dados bancários nesse site falso: POW!!!!, já era, corre lá na agência e mude sua senha antes que o estrago seja feito. Se seu hosts estiver modificado da forma descrita acima é só apagar tudo o que estiver abaixo da linha "127.0.0.1 localhost" e depois clicar em arquivo/salvar (não em salvar como) e pronto! você já pode acessar o site de seu banco de forma segura.
Dica: existem vários programas que avisam ao usuário se o site (ou pelo menos o link dele) é seguro ou falso,
recomendo o AVG Link Scanner.
Essa é a forma mais usada de um craker roubar dados bancários, logicamente existem outras formas. Lembre-se: nunca acesse seu banco de computadores de lan house, biblioteca ou da escola, você não sabe em que estado de segurança esses computadores se encontram. Qualquer outra dúvida é só postar um comentário.

Por Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com

segunda-feira, 29 de março de 2010

Melhore o desempenho do Windows sem pôr a mão no bolso.

PC lento? Iniciar e desligar o Windows é muito demorado? Programas travam sem motivo aparente? Então este artigo é para você!

Imagine que você está com pressa, atrasado para sair, e lembra que deveria ter transferido um arquivo para seu pendrive ou feito uma transferência online, através do site do seu banco. Agora imagine fazer isso em um PC que demora 5 minutos para terminar o boot, 2 minutos para abrir o navegador e 1 minuto e meio para abrir o site do banco ou ainda mais tempo para reconhecer o pendrive e abrir o Windows Explorer. Como você não gosta que mexam no seu PC, certamente vai querer desligá-lo, o que demorará mais 5 minutos.
Solução rápida para o problema acima: compre um computador novo, gastando mais de 2 mil reais.
Solução grátis: continue lendo este artigo.
A situação acima é só um exemplo do que muitos usuários sofrem por causa de computadores que já não respondem como antigamente aos comandos do usuário. Neste artigo, daremos algumas dicas de como educar um PC indisciplinado ou revoltado contra você. Mas já vamos deixando claro uma coisa: o coitado do computador não é o culpado. O culpado é quem o usa. Portanto, não adianta marretar o teclado, jogar o monitor pela janela ou chutar o gabinete, pois apesar de isso aliviar a sua raiva, provavelmente danificará o PC, fazendo com que você tenha que gastar dinheiro.

Visual VS. Velocidade
O primeiro conselho é o seguinte: Windows com visual bonito, cheio de aprimoramentos visuais, temas personalizados, etc., não combina com alto desempenho. Mesmo em computadores superpotentes, há um ganho significativo de velocidade quando se desativam as “frescuras” visuais do sistema. Então, se você gosta de um Windows bonito, vai ter que desembolsar algumas centenas de reais para ter um computador que continue com um desempenho satisfatório, mesmo depois que você entulhá-lo com aqueles programs que personalizam o pc.


Se o computador que você comprou na virada do milênio está capengando, mas ainda funciona, vale a pena entrar nas Propriedades de Vídeo (“Personalização”, no Windows Vista) e, na área de temas, mudar o visual do sistema para o Clássico do Windows. Quando você fizer isso, além de economizar memória, já que o sistema não terá que carregar gráficos complexos, reduzirá a carga do processador, pois os efeitos de transição, sombras e outros enfeites serão automaticamente desligados. E não reclame que o Windows ficou muito “simplão”, pois as opções são: “simplão” ou “lentão”.

Limpe a área de trabalho: é, infelizmente você terá que tirar a foto do seu porquinho-da-índia e usar uma cor qualquer, ao invés da imagem. Computadores com memória muito limitada não podem se dar ao luxo de utilizar papéis de parede. Ícones demais no desktop também podem deixar tudo mais lento. Pode parecer lenda, mas é verdade: quanto mais coisas na área de trabalho, mais trabalho é dado ao processo do “Explorer.exe”, que é o “programa” central do sistema operacional.

 Menu Iniciar: já reparou que às vezes você clica no botão Iniciar e ele aparece vazio, ou simplesmente demora para aparecer? Isso pode acontecer por vários motivos. Um deles é quando você utiliza o estilo mais moderno do menu. Entre nas configurações da Barra de Tarefas e Menu Iniciar (clique com o botão direito do mouse, selecione propriedades) e mude para o Menu Iniciar Clássico. Isso já aumentará um pouco a velocidade com que ele abrirá.

Inicialização: os grandes vilões do boot do Windows são os programas que se instalam na Inicialização do Sistema sem autorização prévia. Esses metidos acham que são muito importantes e, por isso, podem ser iniciados junto com o sistema, sem perguntar a quem devem: o usuário. No Menu Iniciar, exclua sem dó qualquer atalho que esteja dentro da pasta “Iniciar”, ou “Inicializar”. Uma maneira ainda mais agressiva é abrir o comando Executar e digitar o nome MSCONFIG. Na aba “Inicializar” ou “Inicialização de Programas”, desmarque todos aqueles que não precisam ser executados. Mas tenha certeza do que está fazendo, pois não é interessante desligar o antivírus ou programas realmente úteis, como processos necessários do Windows.

*Você precisará reiniciar o computador para que as alterações acima tenham efeito.
Programas pesados: tenha consciência do que sua máquina é capaz de fazer. Não adianta tentar instalar o Windows Vista em um computador com menos de 1 GB de memória, assim como não adianta instalar um Adobe Photoshop CS4. O Windows XP SP3 é excelente para qualquer computador que não seja novo em folha, e até para os PCs mais novos, devido ao pouco consumo de recursos da máquina. Se você quer mais velocidade aliada a facilidade de uso e baixo custo, o Windows XP ainda é a melhor escolha.

Várias janelas: você deve ter a consciência de que máquinas mais velhas ficarão absurdamente lentas se você abrir muitos programas ao mesmo tempo, ou muitas abas do seu navegador. Procure terminar o que está fazendo, para depois abrir uma nova aplicação. Os poucos segundos que você perderá abrindo e fechando programas serão compensados pelos vários minutos que você economizará, já que a velocidade com que os programas são abertos e executados aumentará bastante.

Segure as atualizações: se o seu Messenger resolveu que está na hora de atualizá-lo para a versão mais recente, não permita. Em computadores menos potentes, é melhor utilizar uma versão obsoleta do programa, do que perder desempenho. Entretanto, podem ter sido feitas correções de segurança na nova versão. Nesse caso, recomendamos que você procure alternativas que sejam compatíveis. Por exemplo, se você utilizava o MSN Messenger e não pode atualizar para o Windows Live Mesenger, devido ao seu alto consumo de memória, procure utilizar outros que sejam mais leves e compatíveis, como o aMSN.

Limpe o HD (por dentro): instalou um programa e não vai mais usar? Remova-o, usando um desinstalador, como o Revo Uninstaller, e utilize uma ferramenta de limpeza de registro, como o CCleaner. Isso assegurará que todos os rastros deixados pelo programa sejam removidos do registro e do PC. O registro do Windows é uma área extremamente sensível do sistema e, quanto maior ele se tornar, mais lento ficará a inicialização e desligamentos do sistema, bem como a execução de programas.

Discos rígidos lotados de programas, arquivos temporários e arquivos de usuários também são perfeitos para fazer a velocidade cair. Procure sempre gravar músicas, fotos, vídeos e outros tipos de arquivo geralmente grandes, em CDs ou DVDs. Um disco rígido cheio deixa o sistema lento porque o Windows o utiliza como um recurso secundário de memória temporária. Portanto, se o seu estiver com a capacidade esgotada, não haverá espaço para essa memória.

Programas para ajudar
A Microsoft possui um utilitário de otimização que pode ajudar muito a melhorar a estabilidade e velocidade do seu computador. Seu nome é TweakUI, que está na versão 2000 e é uma ferramenta extremamente simples, mas poderosa. Você pode alterar a velocidade com que o Menu Iniciar é aberto, tempo levado pelos submenus para serem exibidos, renovar o cache de ícones do sistema, para o caso de aparecerem ícones errados, além de inúmeras outras funções para ajustar o Windows de acordo com o seu gosto e, sobretudo, para melhorar o desempenho.
Depois de muitas horas de uso, seu PC pode começar a ficar lento. Isso significa que sua memória RAM está com restos de arquivos, deixados por programas que já foram fechados. Programas como o RAMBooster podem ajudar a resolver o problema, pois fazem a limpeza da RAM e libera o espaço para poder ser utilizado pelos processos que estão em execução ou os que serão abertos.

Dê sua dica
É praticamente impossível encontrar alguém que nunca teve problemas de desempenho no computador, seja pelo motivo que for. Assim, pedimos que você nos ajude, dando suas dicas para quem ainda não conseguiu aumentar a velocidade do PC sem precisar gastar nada. Seus comentários são sempre bem vindos.

Por Oliver Hautsch

Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com

sábado, 27 de março de 2010

Fonte de alimentação e os defeitos quase indetectáveis no seu computador.

Geralmente só nos preocupamos com a fonte de alimentação do nosso pc quando ela para de funcionar, mas saiba que uma fonte defeituosa (mesmo funcionado) pode causar defeitos em seu pc que muitas vezes são quase indetectáveis.

Seu computador vive dando tela azul, reiniciando, travando ou apresentando algum outro defeito. Você leva sua maquina na assistência técnica, eles trocam a memória, seu pc funciona um tempo bem, mas acaba dando defeito de novo. De volta na assistência técnica, eles agora resolvem trocar a placa mãe (tá começando a ficar caro), mais uma vez sua máquina funciona mais um tempo e: pow!!!, defeito denovo.
De volta mais uma vez à assitência, dessa vez resolvem trocar o processador (já dá para pensar em comprar um computador novo) e adivinha: o pobre do pc funciona mais um tempo e o velho defeito aparece novamente com uma cara que parece dizer: que saudade de você. "De volta mais uma vez novamente à assitência técnica", o técnico começa a coçar a cabeça e agora para evitar o "de volta mais uma vez novamente de novo à assistência", ele lhe orienta a comprar um pc novo.
Saiba que são de 90% as chances de que todos esses problemas estejam sendo causados por mau funcionamento da fonte de alimentação do seu computador. Esse componente tem a função de alimentar eletricamente todas as peças internas do seu gabinete (placa mãe, processador, gravador de dvd e etc.), se as voltagens e/ou amperagens que a fonte oferece não estiverem de acordo com as que essas peças necessitam, fatalmente elas vão apresentar defeito.

De cabeça quente ninguém trabalha direito.
O problema mais comum apresentado pela fonte de alimentação é a dilatação e/ou vazamento dos capacitores eletrolíticos, essa dilatação e/ou vazamento quase sempre não impede o funcionamento da fonte e do computador mas faz ambos funcionarem mal, porém esse mal funcionamento não é constante e pode intercalar em períodos de tempo que variam de horas ou até mesmo dias, por esse motivo diagnosticar a causa do defeito é bastante difícil. Há várias possibilidades causadoras desse dilatamento/vazamento, mas a mais comum é o super aquecimento interno da fonte. Sabe aquele ventiladorzinho que fica na parte de traz do computador soprando ar quente, ele é responsável pela refrigeração da fonte, quaisquer defeito nele (parada, diminuição da rotação ou obstrução) faz com que a temperatura interna de sua fonte suba muito causando dilatação e/ou vazamento dos capacitores eletrolíticos, acarretando conseqüentemente no mau funcinamento do pc.

Visão interna de um fonte de alimentação, os capacitores eletrolíticos estão circulados de vermelho:
Detalhe de capacitor eletrolítico dilatado:

Reparem que a parte de cima dos capacitores está estufada (tem uma "barriguinha")

O que fazer
Quando acontece esse tipo de defeito o mais recomendado é a troca da fonte ( a não ser que você mesmo saiba trocar os capacitores), leve em conta que se você optar pela a substituição dos capacitores, o preço final do serviço (juntamente com o preço da mão de obra) vai ficar em aproximadamente R$ 30,00 e o preço de uma fonte nova é de aproximadamente R$ 45,00, obviamente uma fonte nova sempre será melhor que uma fonte usada e reparada.

Como evitar
Os cuidados que você tem que tomar para prolongar a vida útil da fonte são simples: evite usar o pc em ambientes demasiadamente quentes, acredite: colocar um ventilador para ventilar o fundo do gabinete só piora a situação, evite usar o pc em lugares demasiadamente empoeirados e por fim tome cuidadado pra não obstruir a saída de ar da fonte (o ventiladorzinho atrás do gabinete), não encostando demais o fundo do computador em paredes ou mesas.

Por Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com

sexta-feira, 26 de março de 2010

Extraia áudio de arquivos de vídeo e salve-os no formato MP3 em seu computador.

Que tal ter em um arquivo de áudio aquela frase antológica de um vídeo? Ou então pegar um trecho com aquela sonoridade impressionante e guardá-lo em um arquivo de áudio? É para isso que o Free Video to Mp3 Converter está aí.
Ele extrai e converte áudios de arquivos de vídeos de diferentes tipos e os transforma em MP3. Esses arquivos podem ser salvos em três níveis de qualidade.

COMO USAR
Usar o Free Video to Mp3 Converter é simples, não deve haver complicações no procedimento. No campo “Input video...”, você pode localizar um arquivo em seu computador ou então digitar o endereço na internet que contenha um vídeo.
Para localizar o arquivo em sua máquina, clique em Browse. Para usar um vídeo da internet, basta copiar o link dele no mesmo campo. Em seguida, no campo “Output MP3 File”, você especifica onde o arquivo de áudio deve ser salvo. Por padrão, ele será salvo na mesma pasta do original. Para salvar em outra pasta, clique em “Browse”, e defina o destino do arquivo convertido.
No caso de vídeos da internet, o padrão é criar uma pasta na raiz do computador (C:). Clique em Browse para salvar o arquivo em outra pasta, lembrando de determinar um nome. Em seguida, você deve determinar a qualidade do arquivo criado, lembrando sempre que quanto maior a qualidade, maior o tamanho do arquivo. São três configurações disponíveis:

High Quality: MP3 de 256 kbps, 48000 Hz em estéreo.
Optimal Quality: MP3 de 192 kbps, 48000 Hz em estéreo.
Standard Quality: MP3 de 128 kbps, 44100 Hz em estéreo.
Economy Quality: MP3 de 96 kbps, 44100 Hz em estéreo.


Para vídeos em seu computador, é possível cortar um trecho específico. Para isso, selecione a opção “Trim Video”. Marque o ponto de início e o ponto final da seleção através das ferramentas “Trim Left” e “Trim Right”, representadas pelo desenho de duas tesouras. Clique em “Apply and Close”.
Também é possível adicionar informações de tags aos arquivos de MP3. Selecione a opção “MP3 tags...”, que se encontra na mesma área da opção “Trim Video”. Dentro dela, informe número da faixa, ano, título, artista, álbum e comentário.
Clique em “OK” para voltar à tela inicial. Clique em “Convert” para iniciar a conversão. O procedimento vai demorar dependendo do tamanho do vídeo, da seleção e da qualidade do MP3.
Para extrair o áudio de vídeos da internet, o procedimento leva mais tempo, pois antes é necessário localizar e baixar o arquivo de vídeo dentro da página indicada.

Link para download: http://www.dvdvideosoft.com/download/FreeVideoToMp3Converter.exe

Por Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com

quinta-feira, 25 de março de 2010

Chatroulette, a nova moda na internet.

Conheça um pouco mais sobre o serviço que já considerado um fenômeno na internet e que reúne pessoas de todos os tipos e lugares.

É inerente ao ser humano ser social, ou seja, conversar, interagir ou conhecer outros indivíduos. Com a internet isso se tornou muito mais fácil, pois sem sair de casa é possível falar ou conhecer pessoas de qualquer lugar do mundo. Talvez seja por isso que o Chatroulette, um site que permite que você converse com estranhos, esteja fazendo tanto sucesso mundo afora.
Criado por um russo chamado Andrey Ternovsky, de apenas 17 anos, nada mais óbvio do que chamar o Chatroulette de uma roleta russa de pessoas. Ao acessar o site a única certeza que o usuário terá é que a pessoa do outro lado será um estranho. Esta incerteza é a responsável pelo boom do chat randômico na mídia e na preferência dos usuários.

Olá estranho!
O Chatroulette foi criado há aproximadamente quatro meses, mas virou uma celebridade. O funcionamento é simples: você o acessa, clica em “New Game” e pronto! Já pode começar a conversar com quem a sorte escolher.
A diversão é esta, ou seja, encontrar pessoas diferentes, desconhecidas, engraçadas e nem sempre vestidas. Caso você não goste do papo – ou da aparência da outra pessoa -, basta clicar em “Next” e começar a conversar com outro estranho. O único requisito é ter uma webcam conectada ao computador e coragem para enfrentar o desconhecido.

Tire as crianças da sala!
Apesar de estarem nos termos de uso, nem sempre as regras são obedecidas pelos usuários do Chatroulette. Ao acessar a página do chat, uma lista com dicas e os termos de uso do serviço são exibidos. A primeira regra para usá-lo é ser maior de 16 anos, mas ao começar a interagir com os usuários, não é difícil encontrar pessoas mais novas do outro lado da câmera.
Outra regra que claramente não é seguida é a não veiculação de conteúdo obsceno, ofensivo ou pornográfico, mas é claro que o que mais se vê na janela de conversação é justamente o oposto. Uma pesquisa realizada pela empresa de estatísticas RJ Metrics revelou que 13% dos usuários do serviço são pervertidos, ou seja, usam o chat para se exibir ou buscar sexo.

O que rola no Chatroulette?
Por ser um serviço em que os desconhecidos se encontram, todo o tipo de situação é possível. Para entender um pouco mais sobre os interesses dos usuários do Chatroulette, Casey Neistat resolveu coletar alguns dados acerca dos perfis dos usuários do chat e mostra os resultados em um vídeo.
Após se conectar com 90 pessoas, Neistat conseguiu criar três categorias de usuários: meninos, meninas e pervertidos e ainda os separou entre jovens e velhos. De acordo com suas experiências, 71% dos usuários são meninos, 15% meninas e 14% são pervertidos. Nas subcategorias, 83% são jovens e 17% são velhos.
O mais interessante é que de 20 pessoas que se conectaram com o pesquisador, 19 saíram da conversa sem ao menos trocar uma palavra. Isso é o chamado “Nexted”, ou seja, sair da conversa assim que visualiza a pessoa com quem foi sorteado para conversar, em outras palavras, ser rejeitado “na lata”.

Para se ter ideia do tempo que as pessoas levam para rejeitar alguém, Neistat cronometrou algumas conversas. Surpreendentemente, elas não duraram mais do que 2,9 (!) segundos, em média.
Como o público do Chatroulette foi dado como massivamente masculino na pesquisa, o pesquisador resolveu colocar uma mulher em frente a webcam. O resultado, obviamente, foram conversas muito mais longas. 9 de 10 pessoas que conversaram com a mulher, o fizeram por aproximadamente 2 minutos – muito melhor do que os 2,9 segundos.

 As coisas estranhas do Chatroulette
Assim como os dados engraçados do vídeo acima, muitas coisas bizarras habitam o mundo de Chatroulette. O site Buzzfeed fez uma lista com 30 imagens divertidas capturadas por usuários do chat e algumas estão a seguir. As imagens valem mais do que mil palavras:

Chatroulette no Google Maps
Se você ainda não criou coragem para acessar o Chatroulette, pode dar uma espiada no que rola nas webcams do mundo inteiro. Com uma camada para Google Maps, é possível saber o número de pessoas conectadas em cada país, região ou cidade do mundo.

O serviço alia o IP do usuário, a localização no Google Maps e a conexão no serviço. É claro que a posição exata de cada pessoa não é divulgada, apenas dados aproximados são usados.

Versões brasileiras
Apesar de ser sucesso no mundo inteiro, nem todos podem participar desta nova moda, pois a maioria das conversas é em inglês. Por isso, alguns brasileiros já inventaram serviços semelhantes ao Chatroulette para quem não tem afinidade com outros idiomas.
O ChatRolé e o CataPapo são duas versões “made in Brazil” do site russo. Em ambos o processo de funcionamento é o mesmo: você conecta a webcam, acessa o site e começa a conversar com um estranho.


A vantagem de serem serviços brasileiros é que a língua não é uma barreira e os relacionamentos feitos via internet têm mais chance de se tornarem reais devido à proximidade dos usuários – não que este seja o objetivo dos serviços. 

Qual é a graça?
Apesar de ser considerado um fenômeno, a pergunta que fica no ar é: qual é a graça de conversar com estranhos? O que move as pessoas a entrarem em uma roleta de pessoas e conversar ou descartar alguém?
Para a estudante de sociologia Juliana Vlastuin, “serviços como o Chatroulette fazem sucesso porque são formas mais fáceis de experimentar coisas diferentes, sem precisar passar pelos constrangimentos das relações "cara a cara".

 A estudante completa afirmando que “a despersonalização, ou seja, o que eu faço, gosto ou acredito no mundo real, não é tão importante nestes casos, pois eu posso assumir um caráter que pode ser mudado de acordo com a situação ou com o que eu procuro na internet”.
Com estas afirmações, é possível concluir que as novas experiências ou a expectativa pelo que virá com o botão “Next” é o que move as pessoas a acessar serviços de chat randômico. Da mesma forma que as salas de bate-papo já foram uma febre há alguns anos, uma nova maneira de conhecer pessoas, de forma descompromissada parece ser uma necessidade dos usuários.
Apesar de haver mais coisas estranhas do que sérias, é fato que o Chatroulette é uma forma única de conhecer pessoas e saber o que elas fazem na internet. Mesmo com muitos pervertidos, se você for maior de idade é uma experiência, no mínimo, divertida.

E você? O que acha desta nova onda da internet? Você ligaria sua webcam para um estranho?

Por Camila Porto de Camargo

Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com

quarta-feira, 24 de março de 2010

Perfis de pessoas falecidas em redes sociais, o que fazer?

 Um assunto delicado que pode ser resolvido através da comunicação.
A morte é um tema delicado em diferentes sociedades, e realmente não é fácil discutir tudo que a envolve. No entanto, cada vez mais informações nossas circulam pela internet, e é necessário controlá-las em qualquer momento.
Basta pensarmos no conceito de rede social: a criação de um perfil, a identificação de uma pessoa na internet. Então o que fazer com o perfil de alguém que faleceu? Para familiares e amigos, pode ser extremamente doloroso se deparar com o perfil de alguém falecido, por exemplo. Por outro lado, fazer com o que o perfil vire um memorial pode ser uma boa opção.

O que fazer
Orkut, Gmail, YouTube, Buzz — enfim, qualquer serviço Google — não são deletados a não ser que alguém peça formalmente. No caso do email, somente familiares podem fazer o pedido, e devem fornecer provas do falecimento. O Google então verifica os documentos (o que pode levar até 30 dias).
Esse caso é mais burocrático porque uma única conta dá acesso a todos os serviços do Google. No caso do Orkut especificamente, há um formulário para pedir que um perfil seja removido. Também é necessário comprovar a morte da pessoa.

Facebook e MySpace também têm políticas definidas para lidar com perfis de pessoas que morreram. O primeiro tem a ideia de memorial, um perfil no qual amigos podem compartilhar as memórias de alguém que se foi.
Um amigo ou familiar deve preencher o pedido com prova (link com obituário ou notícia que confirme a morte) e informações que o liguem diretamente à pessoa. Um perfil memorial torna-se privado (apenas para os amigos confirmados), informações de contato e atualizações são removidas e não é possível fazer o login na conta após a mudança.
O MySpace também tem procedimento para notificação de morte. Somente um familiar (mãe, pai, cônjuge, parceiro doméstico, filho ou filha) pode permitir que a conta seja preservada ou apagada, por meio de um email com obituário ou atestado de óbito. Na mensagem, deve estar claro qual é o vínculo e a intenção do requerente.
O requerente não pode acessar, editar ou deletar nenhum conteúdo do perfil em questão, mas pode pedir para revisar e remover qualquer conteúdo que considerar inconveniente. Também é possível criar um memorial, porém de maneira diferente, através de uma página linkada ao perfil em questão.

Outras opções
Nem toda rede social tem política definida para este triste momento. A melhor dica, nesse caso, é planejar. Claro que não é nada agradável, mas, como diz o velho ditado: “melhor prevenir do que remediar”.
Uma opção é simplesmente confiar sua senha a alguém. De fato, isso funciona em qualquer rede, com ou sem política definida. Claro que a confiança deve ser enorme, e não são todos usuários que gostam da idéia. Pensando nisso, há serviços que guardam senhas. O usuário nomeia uma pessoa de confiança, que informa o falecimento com provas e então recebe a senha para proceder como preferir. Esse é o funcionamento do Legacy Locker, por exemplo.











Conclusão
A frequência com que precisamos acessar algum tipo de conteúdo digital através de um nome de usuário e uma senha é enorme, faz parte do dia a dia. Todo serviço na internet exige esse tipo de identificação ou método parecido. Com tantos sites e informações do tipo, é inevitável se questionar e até mesmo se preocupar em como agir no caso da morte do usuário.
Claro que não há uma única resposta sobre como proceder. Cada senha dá acesso a um serviço, e cada serviço procede de uma maneira. A primeira dica é se informar sobre como cada um deles resolve a questão.
Mais que isso, a situação pode ser muito mais facilmente resolvida quando pessoas de confiança sabem o que fazer. Quando outra pessoa tem a senha, a parte burocrática do procedimento é muito mais rápida, por exemplo. Nesse sentido, então vale a pena se prevenir.
Claro que não é um assunto confortável, mas se alguém tem conhecimento da sua vontade no pior caso possível, pode ajudar muito nesta hora difícil.

Por Danilo Amoroso

Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com

terça-feira, 23 de março de 2010

Como fazer ligações de graça.

Quando o assunto é telefonia, a sabedoria popular sempre foi bastante criativa. Quem nunca ouviu pelo menos um método de fazer ligações sem pagar nada? Segurar o último dígito, apertá-lo três vezes após terminar de digitar o número e grafite no cartão telefônico são apenas algumas das dezenas de lendas urbanas sobre telefonemas gratuitos.
Com a popularização da internet, novas tentativas e maneiras de realizar chamadas gratuitamente surgiram. Sabendo dessa compulsão por falar sem pagar, muitas pessoas mal-intencionadas a utilizaram como pretexto para disseminar vírus e outras pragas virtuais. E novamente o sonho da ligação grátis morreu.
Porém, por mais que muita gente ainda desconfie, existem sim modos de fazer telefonemas sem gastar um centavo para isso, e através do próprio celular. Ficou curioso? Saiba então como com este artigo.
O mundo em seu celular
Saem os créditos, entra o 3G
Aplicativos para iPhoneAlém de fazer com que você esteja sempre conectado, a rede 3G abriu as portas para o surgimento de aplicativos que possibilitam ligações entre aparelhos celulares sem que você tenha de se preocupar com seus créditos ou com a conta no final do mês.
Um grande exemplo disso é o Fring. Ele é um programa que pode ser utilizado em plataformas como iPhone, Windows Mobile, Android e Symbian e permite que você converse com todos seus contatos do MSN, Gtalk e Skype através do smartphone, seja por 3G ou por Wi-Fi.
O grande destaque deste programa é não exigir que a outra pessoa o utilize para a chamada ser realizada. No caso do MSN, por exemplo, basta você fazer o telefonema para que seu amigo receba o convite para uma conferência de áudio sem que você não gaste nada para isso.
Skype
Skype para iPhoneOutra alternativa para falar de graça é através de um aplicativo já bastante popular. A versão do Skype para iPhone por enquanto utiliza apenas redes Wi-Fi para fazer chamadas gratuitas, mas a empresa já divulgou que uma atualização para usar 3G está para ser lançada.
O funcionamento é exatamente o mesmo do software para computadores. Com ele, você liga para qualquer amigo que também possua uma conta no programa, esteja ele em um smartphone ou PC. Mas vale lembrar que a gratuidade é apenas entre contas Skype e, caso você tente ligar para um número fixo ou outro celular, vai pagar por isso.
Não tenho um celular compatível com esses programas. E agora?
Caso você possua um aparelho que não é capaz de executar esses programas, não se desespere, já que existem outros métodos para realizar ligações telefônicas sem se preocupar com tarifas.
NonohO site Nonoh, por exemplo, faz algo bastante interessante para que você não gaste com telefonemas. Ele serve como mediador entre o telefone de origem e o de destino e tudo o que você precisa fazer é inserir os dois números.
Ao clicar no botão “Call” (Chamar), os dois aparelhos tocam e você pode conversar à vontade e completamente de graça até mesmo em ligações internacionais. O único detalhe é que ele só funciona com números fixos de alguns países, o que inclui o Brasil. Para conferir as localidades gratuitas e tarifas para outras regiões, visite a página do serviço.
Outra sugestão para quem precisa realizar chamadas para fora do país e quer economizar é o programa VoIPCheap. Apesar de não funcionar em celulares, ele permite que você ligue para o exterior através de seu computador sem precisar desembolsar nada, além de também fazer chamadas entre PCs.
O VoIP é uma versão para a internet das ligações tradicionais, mas ao invés de utilizar linhas telefônicas, ele transmite a voz através do protocolo de internet (IP). É isso que possibilita conversar com qualquer pessoa no mundo de graça.
VoIPCheap
O único problema desse programa é que os telefonemas gratuitos só podem ser realizados para telefones fixos (com algumas exceções) de determinados países, como Argentina, Portugal e Reino Unido. O Brasil, infelizmente, ficou de fora. Mas com isso você tem um ótimo pretexto para treinar seu inglês.
Ligações patrocinadas
Ok, você viu todas as possibilidades até agora, mas você não possui um iPhone e o que você quer é ligar do seu celular para outro sem gastar ou baixar nada. Conheça então a novidade que faz exatamente isso.
O Freakom é um serviço para telefones móveis que possui um sistema bastante simples e interessante: você digita asterisco, zero, o código da operadora e o número desejado e faz ligações de até um minuto sem pagar nada por isso.
Freakom
É claro que esse telefonema tem de ser pago por alguém, e é aí que entra a “chamada patrocinada”. Esse tempo gratuito que você tem para conversar é pago por algum anunciante e, por conta disso, antes de falar, você ouve uma pequena propaganda de até 24 segundos. Em seguida, tem um minuto para falar sem custo algum. Caso o tempo expire, basta repetir o processo.
Mas antes que você se empolgue e saia fazendo ligações por aí, saiba que o Freakom só está disponível, por enquanto, com a operadora Sercomtel, de Londrina (PR). Porém já foi anunciado que em breve outras localidades e operadoras vão desfrutar das facilidades do serviço.
Agora que você já sabe como fazer chamadas completamente de graça, que tal ligar para aquela pessoa com quem você não conversa há muito tempo? Aproveite e conte nos comentários se este artigo lhe foi útil!

Por Durval Ramos Junior

http://informaticamestre.blogspot.com


 

segunda-feira, 22 de março de 2010

Como baixar um vídeo no youtube.

Muitas vezes você tem vontade de baixar aquele vídeo legal do youtube mas não sabe como. Saiba que é necessário ter um programa que faça isso, um dos melhores que eu já vi é o "aTube Catcher". Veja um tutorial de como utilizar esse programa para tal fim:

A alternativa definitiva para download de vídeos da internet chegou e pulverizou a concorrência. O aTube Catcher baixa vídeos de dezenas de páginas e ainda pode convertê-los para diferentes formatos logo após o download.
Ele também faz as vezes de um editor, baixando vários vídeos e juntando todos em um único arquivo. O programa é ainda um conversor para os vídeos que você já tem. Ou seja, uma excelente ferramenta para quem quer aumentar e organizar sua coleção de vídeos.
YouTube, Stage6, MySpace, Dailymotion, Megavideo, Google Video, Metacafe, iFilm, Yahoo! Vimeo... Esses são apenas alguns exemplos de todos os sites com os quais o aTube Catcher é compatível. Você baixa, salva o arquivo em seu computador ou no seu celular, iPod, PSP, DVD, VCD, MP3. Tudo isso feito facilmente, mas se você tem conhecimento sobre qualidade de conversão, ainda tem a possibilidade de personalizar seus vídeos.
O formato padrão utilizado pelo aTube Catcher é o MPEG4 AVI, e o programa é compatível com 3GP, 3G2, AVI, XVID, MP4, MP3, MP2, WMA, WMV, GIF, FLAC, WAV, PSP, MPG, VOB, OGG, MOV e AVI. O software está disponível em seis idiomas (inclusive português). Tudo é feito em uma interface muito simples e agradável.
Basta copiar e colar o endereço do vídeo desejado e iniciar o download e/ou conversão. O programa facilita ainda mais sua vida, pois sempre que você copia o link de alguma das páginas reconhecidas automaticamente o endereço já é selecionado para download.
Vídeos que estão adicionados em outras páginas (por exemplo blogs) também podem ser baixados, desde que o código original não seja modificado.

Juntando tudo
Vídeos do YouTube, por exemplo, não podem ter mais que 10 minutos de duração. Outros sites também têm restrições quanto ao tamanho dos downloads. Logo, é comum ver vídeos longos divididos em partes.
O aTube Catcher, além de baixar, também reúne séries de vídeos e junta tudo. Assim  você nem precisa usar um programa de edição de vídeos somente para “colar” tudo.
Basta colar
 os links da série de vídeos.
A ferramenta, chamada “Download and Join”, é muito fácil de ser utilizada. No menu “Ferramentas”, clique em “Download and Join” para começar.
Na pequena janela aberta, cole os endereços dos vídeos que você quer juntar.
Não é necessário utilizar links do mesmo site, e isso dá margem para a sua criatividade. Selecione os vídeos e faça a mixagem como bem entender.
Você só precisa ter em mente que, quanto mais vídeos forem listados, mais tempo a conversão pode demorar.

Autenticação
O aTube Catcher usa o seu login e senha de sites como Dailymotion, YouTube, CrunchyRoll, Orange e Kewego. Assim, você baixa arquivos pessoais ou que necessitem de verificação de cadastro. Outra excelente novidade deste programa é o suporte para listas.
Basta inserir o endereço de uma playlist e você é perguntado sobre quais vídeos de qual lista deseja baixar, sendo possível escolher todos eles. O aTube Catcher gerencia os downloads e as conversões um a um.
Também é possível usar o endereço de uma pesquisa para baixar vídeos mais específicos. Digite um tema, veja os resultados e escolha aqueles que você deseja baixar.

Opções de conversão
As possibilidades de personalização das conversões lhe permitem definir qualidade e resolução do vídeo, formato da tela (4:3 ou panorâmico), canais de áudio, codecs utilizados e outras configurações.
O aTube Catcher ainda vem com um tocador para arquivos FLV e a ferramenta Smart Media Hunter, a qual baixa seus vídeos favoritos de centenas de páginas, o que inclui comerciais de TV. Há ainda muitas outras ferramentas que vale a pena ver, uma a uma.
Clique na 
caixa em destaque para abrir as opções.
INSTALANDO E USANDO
A instalação do aTube Catcher é simples e não deve durar muito. Apenas execute o arquivo baixado e siga as instruções que aparecem. Na primeira vez em que o programa for executado, você é perguntado em qual idioma deseja utilizá-lo. Português está entre as opções.

Atenção!
O programa instala uma barra de pesquisa em seu navegador e marca a paginal inicial como Ask.com. Marque a opção "Custom installation" e desmarque as duas caixas para instalar apenas o aTube Catcher.
Escolha a 
opção "Custom" e desmarque as duas caixas
Em seguida, o aTube Catcher pesquisa se você possui instalados os codecs Xvid, necessários para a execução de alguns tipos de vídeo. Caso você não tenha, o próprio programa os instala para você.
Para começar, escolha o que você quer, entre as duas opções principais do programa: baixar um vídeo da internet ou converter um arquivo FLV para outro formato. Caso escolha a primeira, basta copiar o link do vídeo desejado no campo "Origem". Clique em "Colar" se você tiver o endereço copiado na área de transferência (ou use a combinação "Ctrl+C").

Utilize 
esta opção para fazer download dos vídeos.

Abaixo, no campo "Salvar para", escolha a pasta onde o arquivo baixado deve ser salvo. Clique em "Explorar" para procurar e indicar tal pasta. Por último, no campo "Extensão arq.", escolha o formato desejado entre vários disponíveis. Clique em "Baixar" para fazer o download e converter o arquivo.
Se você deseja converter um arquivo FLV para outro formato, basta indicar o local em que ele se encontra, no campo "Origem", onde você deseja salvá-lo, no campo "Salvar para" e clicar em "Converter". O programa afirma converter arquivos FLV para outros formatos, no entanto, é possível fazê-lo com arquivos de vídeo para outros formatos também. Teste e veja as possibilidades.
Utilize 
esta opção para converter seus vídeos para outros formatos. 

Por Tércio Pinheiro

sábado, 20 de março de 2010

Algumas dicas importantes para uma rede de computadorers.

Você montou uma rede de computadores e ela inexplicavelmente fica caindo de vez em quando (com algumas portas ou com o switch inteiro travando), você checa as configurações e está tudo certo, troca placa de rede, troca switch, refaz o conector do cabo, formata maquina, remove vírus, troca até o computador; mesmo assim a rede funciona no máximo alguns dias e volta a dar problema de novo. Se a rede que você montou está apresentando esses problemas, é muito provável que os mesmos sejam causados por fatores de ordem elétrica.
O aterramento da rede elétrica onde esses computadores estão ligados e até mesmo a posição dos fios na tomada elétrica podem influenciar no funcionamento de uma rede de computadores. A primeira coisa é checar se a rede elétrica tem um bom aterramento (aquele que o eletricista faz com uma barra de cobre fincada na terra), a falta de aterramento causa esses tipos de problemas na rede (se não tiver aterramento providencie para que tenha), se tiver aterramento cheque com um multímetro se as tomadas usadas pelos computadores, ou qualquer outro dispositivo que utilize aterramento, estão funcionado bem (se tiver alguma tomada com aterramento defeituoso, providencie o conserto). Por fim, cheque com um multímetro a posição dos fios fase e neutro na tomada (poucas pessoas sabem que esses fios tem uma posição correta na tomada), a inversão da posição desses fios faz o gabinete do computador dar choque (se tiver alguma tomada com esses fios invertidos providencie a correção), as posições corretas dos fios fase, neutro e terra são as seguintes:


É lógico que pode acontecer da rede funcionar bem sem os cuidados descritos acima, mas se sua rede tem feito você perder o sossego vale a pena seguir essas dicas. Lembrando que não se deve usar em um computador em rede aqueles estabilizadores que dispensam o uso de fio terra (do tipo isotrafo), sob pena de também comprometer o funcionamento da mesma. Não esqueça: um bom aterramento também protege seu computador contra danos causados por distúrbios na rede elétrica.

Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com

sexta-feira, 19 de março de 2010

Resolvido: Placa de Rede Realtk Falsa (que não instala com os drivers do fabricante)

Tem muita gente por aí ficando doida com uma placa de rede com caixa da Encore e chipset da realtek 8139D, eu mesmo perdi um final de semana tentando instalar tal placa, nem adianta ir no site da realtek ou da Encore e baixar drivers para instalar essa placa, o negócio num funfa mesmo. Pra quem tá com esse problemão segue o link de download do driver correto:
DriverGuide: http://go2.wordpress.com/?id=725X1342&site=elt0n.wordpress.com&url=http%3A%2F%2Fmembers.driverguide.com%2Fdriver%2Fdetail.php%3Fdriverid%3D732719
É um  arquivo único e serve para esses SO's: (95, 98, Me, XP, NT4, 2k, Dos, Linux e Netware).
Lembrando que para baixar um arquivo no driverguide é preciso se cadastrar no site primeiro, o cadastro é gratuito.

Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com

Oi para todos!

Bem galera estou começando a blogar pela plrimeira vez. Sou técnico em informática e instrutor de informática básica, posso ajudá-los a resolver suas dúvidas nessas áreas (ou pelo menos tentar). Este blog também está aberto para debates sobre qualquer assunto interessante. Então... um grande abraço para todos, aguardo suas postagens.

Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com