sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Como burlar protetores de links na hora de fazer downloads

Aprenda se livrar de páginas para cadastro de celular e também a inverter links, tudo na web e sem instalação.

Você quer baixar alguma coisa. Busca em blogs na web e, depois de muita procura, encontra uma fonte para o arquivo desejado. Mas, quando vai baixar, percebe que o link está “protegido” e ele leva a uma tela na qual você precisa cadastrar um telefone celular para seguir adiante e, só então, fazer o esperado download.

Ou então, o link protegido inverte a URL de download do arquivo, o que deixa você em um dilema: continuar buscando ou então redigitar o endereço de trás para frente, letra por letra, para chegar à página de transferência.

Enfim, mesmo que não seja um download tão raro, ambas as situações são extremamente irritantes. Para evitar que você se estresse à toa, almas caridosas desenvolveram serviços bastante simples e capazes de resolver tudo em questão de segundos. O InformaticaMestre faz as honras e apresenta uma delas para você.

Quebrando e invertendo links

O serviço é o “Quebra Link” (clique para acessar), do blog Algoritmizando. O que você precisa fazer é colar o link na caixa de texto e clicar em “Quebrar!”.


Alguns segundos depois você tem o resultado, e basta clicar em “Acessar” para ir até a página de download e iniciar a transferência.

Prático e eficaz, não? Agora nenhum protetor de links impedirá você de baixar algo.

Encontrando o link certo

Outros links que direcionam para outras páginas são mais fáceis de serem burlados. Isto porque eles indicam a URL depois do endereço do site de cadastro.

Então encontre o link (indicado pela seta na imagem acima) e remova tudo o que vier antes dele (destacado pelo retângulo vermelho na figura). Agora é só baixar!

Por Douglas Ciriaco

Autor: Tércio Pinheiro

 


 

 

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Como instalar o Windows 7 direto de um pendrive

Todas as dicas e ferramentas para instalar o SO da Microsoft direto do pendrive.


O Windows 7 foi um dos maiores sucessos da Microsoft desde o lançamento do Windows XP, pelo menos no que diz respeito a sistemas operacionais. Grande parte do sucesso se deve à interface gráfica mais didática do que seu antecessor e também às novas ferramentas e facilidades oferecidas, como o novo sistema de organizar os ícones de aplicativos em execução.

No entanto, os usuários de netbooks, ou mesmo notebooks, passaram a enfrentar alguns problemas para a instalação do Windows 7 em seus computador. Isso porque a maioria dos computadores ultraportáteis, se não todos, não possui drive ótico para a leitura de CDs e DVDs. Dessa forma, como seria possível instalar um sistema operacional novo no computador?

A Microsoft, pensando no impasse, disponibilizou um aplicativo muito útil. É o Microsoft Windows 7 USB/DVD Download Tool, o qual possibilita a criação de um pendrive inicializável e com todos os arquivos necessários para que a instalação do Windows 7 seja feita.

E para sanar todas as dúvidas e medos do usuário, o InformaticaMestre criou este tutorial, o qual ensina todos os passos e mostra em detalhes como criar um pendrive inicializável que permita a instalação do Windows 7 em máquinas sem drive ótico.


Pré-requisitos

Para seguir com o tutorial e conseguir executar todos os passos sem problemas, você vai precisar de:

  • Um pendrive de, no mínimo, 4 GB.
  • O programa Microsoft Windows 7 USB/DVD Download Tool instalado em seu computador.

Clique aqui para baixar o Microsoft Windows 7 USB/DVD Download Tool
     
  • Uma imagem ISO de qualquer versão do Windows 7.
Dica: Você pode utilizar um computador com drive ótico para criar uma imagem do próprio CD de instalação do Windows 7. Existem diversos aplicativos que permitem a criação de imagens ISO a partir de qualquer mídia. Bons exemplos são o Ashampoo Burning Studio e o PowerISO, mas você pode escolher qualquer outro aplicativo que se adapte melhor às suas necessidades.


Mãos à obra

Depois de instalar o Microsoft Windows 7 USB/DVD Download Tool em seu computador e providenciar a ISO da versão do Windows 7 que deseja instalar, é hora de colocar a mão na massa e começar a criação do pendrive inicializável com o sistema operacional a ser instalado.

1º passo: formatação

O primeiro passo consiste na formatação do pendrive que será utilizado para a instalação do Windows 7. Para isso, insira o dispositivo na porta USB do computador e abra uma janela do Windows Explorer. Em seguida, clique com o botão direito do mouse sobre o drive do pendrive e escolha a opção “Formatar”.

Na tela que aparecer, certifique-se de marcar a opção “NTFS” no campo “Sistema de arquivos”. Em “Rótulo do volume”, insira o nome com o qual o dispositivo será identificado e, para finalizar, clique em “Iniciar”. O tempo para formatação do pendrive vai depender do tamanho do disco removível. Ao final, uma mensagem será exibida indicando que a tarefa foi concluída com sucesso.

 2º passo: utilizando a ferramenta

Uma vez que o dispositivo tenha sido formatado, é hora de utilizar o Microsoft Windows 7 USB/DVD Download Tool para tornar o pendrive inicializável e também inserir os arquivos de instalação do sistema. Todo esse processo é feito em apenas quatro etapas.

A primeira delas consiste na escolha da imagem ISO a ser gravada no disco removível. Clique em “Browse” e navegue até o diretório em que o arquivo de imagem se encontra. Em seguida, selecione-o e clique no botão “Next”, presente na parte inferior direita da tela do programa.

Na segunda etapa o usuário deve escolher qual tipo de dispositivo receberá os dados da imagem. Você pode escolher entre queimar um DVD ou criar um pendrive inicializável. Para este tutorial, a opção escolhida deve ser “USB device”, já que o objetivo aqui é ensinar a instalar o Windows 7 a partir de um dispositivo USB.

O próximo passo é escolher o drive no qual os dados do arquivo ISO serão inseridos. Geralmente o programa identifica e seleciona automaticamente o pendrive inserido no computador. Caso isso não aconteça, utilize o menu drop and down presente na tela para selecionar o dispositivo correto. Clique em “Begin copying” para iniciar a cópia dos arquivos.


O próximo passo é escolher o drive no qual os dados do arquivo ISO serão inseridos. Geralmente o programa identifica e seleciona automaticamente o pendrive inserido no computador. Caso isso não aconteça, utilize o menu drop and down presente na tela para selecionar o dispositivo correto. Clique em “Begin copying” para iniciar a cópia dos arquivos.

Agora é só esperar até que o Microsoft Windows 7 USB/DVD Download Tool finalize o processo de cópia. Vale lembrar que isso pode demorar um bom tempo, pois a quantidade de informações e arquivos a serem transferidos para o pendrive é consideravelmente grande.

Recomenda-se ao usuário que aplicativos pesados não sejam executados enquanto a cópia estiver acontecendo. Dessa forma, futuras dores de cabeça, como arquivos de instalação corrompidos, podem ser evitadas. Uma mensagem de sucesso (ou erro) é exibida ao final do processo.

3º passo: instalando o sistema

Finalmente, agora é hora de instalar o Windows 7 utilizando o pendrive como drive. Não há segredo algum na instalação, pois ela segue exatamente os mesmos passos daquela realizada pelo CD ou DVD.

O legal é que, utilizando o Microsoft Windows 7 USB/DVD Download Tool, o usuário não precisa se preocupar em mexer na BIOS do computador para que ele seja iniciado pelo pendrive. Ao final da transferência dos arquivos para o pendrive, basta o usuário reiniciar o computador e se preparar para a instalação.

Não há muito segredo na criação de dispositivos USB inicializáveis. Com a ajuda de algumas ferramentas, como a Microsoft Windows 7 USB/DVD Download Tool, o processo fica ainda mais fácil. Agora você já pode instalar o Windows 7 sem problemas e sem medos em netbooks ou qualquer outro computador que não possui leitor de CD e DVD. 

Por Elaine Martins da Silva

Autor: Tércio Pinheiro

http://informaticamestre.blogspot.com

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Dicas do Windows 7: como fazer o Windows reconhecer a impressora padrão de cada rede

Faça com que seu Windows 7 reconheça uma impressora diferente para cada local de rede e ganhe muito mais tempo em suas impressões.

Caso o seu computador se conecte a diferentes locais de rede (em casa, no trabalho e em locais públicos, por exemplo) e utilize uma impressora diferente para cada um destes locais, o Windows 7 permite que você atribua uma impressora padrão para cada lugar.

A tarefa é bastante simples e utiliza apenas as ferramentas presentes no sistema. Em poucos minutos, você ganha muito mais tempo nas próximas vezes em que for imprimir documentos.

Para fazê-lo, abra o Painel de Controle, e dentro da opção “Hardware e sons”, clique em “Exibir Impressoras e Dispositivos”.



Note que, por padrão, a barra de ferramentas da janela que se abre exibe poucas alternativas. Para fazer com que a opção “Gerenciar impressoras padrão” apareça, primeiro clique sobre qualquer impressora reconhecida pelo computador. A seguir, entre nela.

Dentro da nova janela, marque a opção “Alterar minha impressora padrão quando eu mudar de rede” para habilitar a troca de impressoras pelo Windows. Escolha então um local em “Selecionar rede” e atribua um dispositivo para o local em “Selecionar impressora”. Ao final, não se esqueça de clicar em “Adicionar” para salvar a alteração.


Agora, repita o processo para todas as redes que você acessa que contêm uma impressora, tomando o cuidado de atribuir corretamente o dispositivo presente em cada local.

OBS: caso você nunca tenha conectado seu computador a mais de um local de rede ou não possua nenhuma impressora instalada ao comutador, é provável que a opção “Gerenciar impressoras padrão” não apareça na Barra de tarefas do Gerenciador de impressoras e dispositivos.

Por Rodrigo Prada

Autor: Tércio Pinheiro
http://informaticamestre.blogspot.com